Americanos ameaçados esperam a chegada do furacão com festas

A ação se tornou uma tradição de áreas propensas a este tipo de fenômeno(foto: AFP)A ação se tornou uma tradição de áreas propensas a este tipo de fenômeno (foto: AFP)

 

Wilmington, Estados Unidos – À medida que o furacão Florence avança para a costa leste dos Estados Unidos, as pessoas estão deixando suas casas ou se abastecendo de água e comida para enfrentar a tempestade trancados em seus lares, mas muita gente também está pedindo pizza, cerveja e vodca com a intenção de festejar, uma tradição de áreas propensas a este tipo de fenômeno.
“Fique alerta, fique a salvo, beba uma boa cerveja”, diz a placa fora de um bar em Wilmington, na Carolina do Norte, que está no caminho da tempestade que se aproxima. 
“Florence odeia a cerveja local”, diz outro. A maioria dos bares no centro histórico da cidade permaneceram abertos na quarta-feira à noite, bastante depois de muitos outros estabelecimentos, que baixaram as portas e evacuaram seus funcionários.
“As pessoas não têm que trabalhar no dia seguinte devido ao furacão. Então pensam: ‘Diabos, o que deveríamos fazer? Temos um dia livre. Vamos ficar bêbados!'”, disse Jordan Berry, o garçom de “Cape Fear Wine and Beer”, um negócio local onde a programação esportiva foi substituída por meteorologistas nas telas da televisões nas paredes do bar. 
As regras das festas de furacões, que ajudam a acalmar o medo e aliviar o tédio durante os longos períodos trancados, são simples. 
“Antes do furacão, você bebe. Durante o furacão, você bebe. Depois do furacão, você bebe e chora”, afirmou Margot Stevens, aproveitando uma bebida no bar, a apenas uma quadra do rio Cape Fear. “Não há nada que se possa fazer para impedi-lo, assim, se tiver que morrer, morre feliz”, declarou.

Hidromassagem, pizza, drogas e vodca

Alguns bares se orgulham de permanecer abertos sem importar quão fortes sejam os ventos e as chuvas lá fora, mas o Florence, que segundos as previsões será o furacão mais poderoso em décadas, está demonstrando ser muito perigoso. O “Cape Fear Wine and Beer” deve fechar suas portas quando a tempestade chegar em Wilmington, um pitoresco povoado na costa. 
Espera-se que Florence, que deve tocar terra nesta quinta-feira à tarde ao longo da costa das Carolinas do Norte e do Sul, será devastador. Embora tenha perdido força, ainda carrega o alto risco de chuvas torrenciais e inundações catastróficas.
Os moradores de Wilmington que ainda não fugiram estão se preparando. Aaron Yates, como muitos outros, diz que vai dar uma festa em casa enquanto Florence atinge a costa. “Havia mais mensagens no Facebook sobre a loja de bebidas que vai fechar mais cedo do que alertas sobre o furacão”, brincou. 
Carla Mahaffee disse que passará a tempestade com amigos, como fazem em todos os furacões. “Banheira de hidromassagem, pizza, drogas e vodca”, é sua rotina estabelecida, declarou.
“Os furacões podem ser chatos. Para acabar com o tédio, podemos ir para o telhado brincar de ser ‘repórteres’ que lutam contra os elementos que voam e com falsos microfones”, afirmou.
“Você vê pessoas correndo para a rua no meio (da tempestade), completamente loucas”, diz Berry, o barman tatuado do “Cape Fear Wine and Beer”.
“As pessoas passam por um monte de estresse pelo que poderia acontecer com suas propriedades, com seu local de trabalho, com seus veículos. As pessoas aliviam da única maneira que dá”, assinala ele, servindo um copo de cerveja artesanal chamada, apropriadamente, Raio Tropical.
Americanos ameaçados esperam a chegada do furacão com festas
Rate this post
Ministro alemão diz ter acordo com Itália para endurecer regras de imigração
Famoso coreógrafo belga Jan Fabre é acusado de humilhações de índole sexual