Aos 82 anos, pernambucana realiza sonho de ir a um estádio de futebol

Reprodução/Facebook

Quando os 22 jogadores pisam o gramado de um estádio, eles carregam muito mais do que a responsabilidade de buscar a vitória para seu time. Cada um deles leva consigo os sonhos dos milhares de torcedores que estão ali, na arquibancada. Pode parecer clichê ou piégas, mas a verdade é que o futebol transcende o esporte. Duvida? 

Saiba mais

  • #VovôLevado: idoso de 84 anos

    #VovôLevado: idoso de 84 anos “foge” para ver jogo do Fluminense, no Rio

A pernambucana Terezinha Emerenciano, de 82 anos, está aí que não nos deixa mentir. Torcedora fanática, ela não perdia um jogo do Sport. Pela TV. Ao vivo, nunca havia assistido uma partida. Com a ajuda de uma de suas netas, a aposentada realizou este sonho na última segunda-feira (25/9), no empate que ficou em 1 x 1 com o Vasco.

Reprodução/Facebook

 

Curiosamente, Terezinha mora no bairro de Madalena, em Recife, a poucos metros da Ilha do Retiro, estádio do Sport. “Ela só tinha ido lá para uma matinê de carnaval, na época em que ainda namorava o meu avô [já falecido]. Para jogo de futebol, ela nunca tinha ido”, lembra a neta, Simony Emerenciano, que providenciou o passeio. “O que me chamou a atenção para levá-la, é que um dia eu liguei para ela e meu tio disse que ela estava dormindo para descansar e assistir o jogo do Sport à noite”, completa.
Reprodução/Facebook

 

Simony diz ter sido “indescritível” a sensação de ver a felicidade da avó ao acompanha-la na partida na Ilha do Retiro. “Foi uma alegria total. Ela já saiu perguntando quando vamos de novo”, relembra. A neta aproveita para destacar a estrutura de acessibilidade disponível no estádio pernambucano. “O Sport se preocupa com essa questão”, avalia a também torcedora do Leão.
Agora, além de voltar mais vezes à casa do rubro-negro, Terezinha também quer realizar o sonho de conhecer e ganhar uma camiseta autografada de seu maior ídolo: o goleiro Magrão. “A gente vai tentar levá-la ao Centro de Treinamento”, adianta Simony. Daqui, como se estivéssemos em uma arquibancada, a gente fica na torcida para que mais esse desejo torne-se real.
Aos 82 anos, pernambucana realiza sonho de ir a um estádio de futebol
Rate this post
Mexicana de 87 anos sobrevive 32h sob escombros do terremoto
Para maioria dos eleitores dos EUA, Trump é inapto para a Presidência