Atleta da seleção de hóquei é morto com tiro na nuca durante assalto

Reprodução/Facebook Matheus era jogador profissional de hóquei e atuava no Internacional de Regatas, de Santos
O atleta da seleção brasileira de hóquei em patins, Matheus Garcia Vasconcelos, de 24 anos, foi morto na noite dessa segunda-feira (18/9) em um assalto no litoral de São Paulo. O jovem, que também era estudante de Publicidade e Propaganda, foi atingindo com um tiro na nuca após se negar a entregar o celular para o assaltante. O crime aconteceu na rua Nicolau Guirão Perez, na região central da cidade do litoral paulista.
De acordo com a Polícia Militar de São Paulo, o assaltante teria ficado nervoso com a negativa do atleta e disparado contra a nuca do jovem. Matheus foi encontrado caído no chão com o carregador do aparelho na mão. Ele foi encaminhando ao Hospital Municipal de São Vicente, por volta das 22h, mas já chegou ao local sem vida.
A Polícia Civil do estado apreendeu um suspeito durante a madrugada desta terça-feira (19/9), mas, após prestar depoimento, o homem foi liberado.
Matheus era jogador profissional de hóquei e atuava no Internacional de Regatas, clube de Santos, cidade onde residia. O atleta integrou também a Seleção Brasileira da modalidade e participou do Mundial da categoria que foi realizado na França, em 2015. O clube divulgou uma nota lamentando a morte do jogador.
“Matheus foi sócio do Inter desde criança, onde sempre frequentou com a família e ingressou no Hóquei e Futsal, com cinco anos. O amor pelos patins falou mais alto e, desde então, ele defendeu a Camisa Vermelhinha em campeonatos Brasileiros e Paulistas de Hóquei Sobre Patins”, diz um trecho do comunicado.
Atleta da seleção de hóquei é morto com tiro na nuca durante assalto
Rate this post
Deputado entra com representação no CNJ contra juiz da 'cura gay'
Michel Temer abre hoje Assembleia Geral da ONU em Nova York