Autoridades devem começar trabalho de remoção de escombros no México

Pedro Pardo/AFP

 

México – Os esforços para encontrar vida nos prédios da Cidade do México destruídos pelo terremoto que deixou quase 300 mortos prosseguiram pela quarta noite consecutiva, mas sem esperanças de encontrar sobreviventes, as autoridades devem começar a usar máquinas pesadas para remover os escombros.

Saiba mais

As equipes de resgate equipadas com tecnologia de ponta, no entanto, ainda se concentram em cinco pontos da cidade onde há possibilidade de encontrar pessoas vivas, segundo Luis Felipe Puente, diretor da Defesa Civil Federal.

Ante as notícias de que máquinas pesadas começarão a ser usadas, o governo federal e a prefeitura garantem que serão esgotados todos os esforços para resgatar pessoas com vida.
O protocolo posterior a terremotos dá 72 horas como janela de possibilidade de sobrevivência de uma pessoa sob escombros, mas em outros desastres a resistência humana superou expectativas, como no terremoto de 1985 que deixou mais de dez mil mortos na Cidade do México.
O prefeito Miguel Angel Mancera disse à Televisa que acredita que ainda deve haver cerca de 20 pessoas entre os escombros, mesmo sem garantia que todos continuem com vida.
Autoridades devem começar trabalho de remoção de escombros no México
Rate this post
Falha em represa danificada pelo furacão Maria ameaça 70 mil pessoas
Novo tremor de 6,1 graus atinge a Cidade do México e interrompe resgates