Bombardeio na província síria de Deir Ezzor deixa 28 pessoas mortas

(foto: Mohamad Abazeed/AFP)(foto: Mohamad Abazeed/AFP)
Beirute, Líbano – Ao menos 28 civis morreram em um ataque aéreo contra um dos últimos redutos do grupo extremista Estado Islâmico (EI) no leste da Síria, anunciou nesta sexta-feira a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).
O bombardeio atingiu na quinta-feira à noite um grupo de civis perto da localidade de Susa, na província de Deir Ezzor, perto da fronteira com o Iraque, indicou o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman.
“Não sabemos se foi um ataque da aviação iraquiana ou da coalizão internacional antijihadista, liderada por Washington”, afirmou Rahman.
Nos últimos meses, a aviação iraquiana bombardeou o leste da Síria, perto da fronteira, contra posições jihadistas. A coalizão internacional atua como apoio a uma aliança de combatentes curdos e árabes que luta contra o EI.
O Estado Islâmico, que em 2014 proclamou um “califado” entre Síria e Iraque, perdeu espaço desde então, após várias ofensivas, e atualmente está presente em vários redutos em zonas desérticas nos dois países.
Bombardeio na província síria de Deir Ezzor deixa 28 pessoas mortas
Rate this post
Explosão em complexo químico na China deixa 19 mortos e 12 feridos
Primeiro-ministro japonês visita vctimas do desastre provocado pelas chuvas