Cantor Toddy Cantuária, ex-integrante do Karametade, é preso em Paris

Reprodução

O cantor Valterson Ferreira Cantuária, 28 anos, ex-integrande do grupo de pagode Karametade, foi preso em Paris na segunda-feira (14/8). Ele estava sendo procurado pela Polícia Federal e pela Interpol desde março deste ano. “Toddy Cantuária”, como é conhecido, seria um dos suspeitos na morte do argentino Matás Sebastian Carena, espancado brutalmente em frente a uma casa de shows em Ipanema, no Rio de Janeiro. 
Toddy foi encontrado em um apartamento no 15ª andar de um prédio na capital francesa. Antes de chegar à cidade, ele estava morando em Madri. O suspeito será deportado para o Brasil, onde poderá ser julgado por homicídio e, se condenado, pegar até 30 anos de reclusão.
O músico era um dos nomes na lista de procurados do governo brasileiro. Entre os quatro acusados de matar o turista, só Toddy e Pedro Henrique Marciano, 25 anos, estão presos. Júlio Cesar Oliveira Godinho, 24, e Thiago Noroes Lessa Silva, 39, continuam foragidos. 

Relembre

O crime ocorreu em 26 de março deste ano, após uma briga entre um grupo de brasileiros e outro de argentinos. A consufão teria sido causada por um esbarrão na saída de uma boate, em Ipanema, na Zona Sul do Rio de Janeiro. Matías Carena tinha 28 anos e era jogador de um clube da primeira divisão de futsal argentino.
Cantor Toddy Cantuária, ex-integrante do Karametade, é preso em Paris
Rate this post
CEOs abandonam Trump após pronunciamento brando sobre Charlottesville
Restos mortais humanos são encontrados dentro de jacaré em Tocantins