Chile e Brasil querem concluir acordo comercial antes do fim do ano

Entre janeiro e julho deste ano, o Chile e o Brasil registraram uma troca comercial de 5.836 bilhões de dólares, 20% a mais que no mesmo período de 2017(foto: Reprodução )Entre janeiro e julho deste ano, o Chile e o Brasil registraram uma troca comercial de 5.836 bilhões de dólares, 20% a mais que no mesmo período de 2017 (foto: Reprodução )

 

Santiago, Chile – Chile e Brasil esperam concluir um acordo de livre-comércio antes do fim do ano, anunciaram nesta sexta-feira autoridades chilenas, enquanto as negociações avançam em Brasília. 
Segundo a chancelaria chilena, os negociadores já concluíram os capítulos de política de concorrência, micro, pequena e média empresa, boas práticas regulatórias, cadeias regionais e globais de valor, telecomunicações, comércio e gênero. 
O acordo que os dois países estão negociando e que esperam que fique pronto até o fim do ano “vai conter novas disciplinas” e “será um apoio ao Acordo de Complementação Econômica 35, que regula o comércio entre o Chile e os países do Mercosul (inclusive Brasil), e que tem tarifa zero para toda a lista de produtos”, aponta a chancelaria em nota.
Os dois países estão discutindo a eliminação dos custos de roaming telefônico, como ocorreu com a Argentina, segundo o jornal La Tercera, que cita o negociador-chefe do Chile, Felipe Lopeandía, que destaca que ambos os países estão interessados em gerar esse benefício e só precisariam acertar os detalhes para concretizá-lo. 
Para Lopeandía, “é necessário levar a relação bilateral a outro nível com a incorporação de questões inclusivas, como questões de gênero, ambientais e trabalhistas”. 
Após a rodada de negociações “frutífera” nos últimos três dias em Brasília, a próxima rodada ocorrerá em Santiago de 16 a 19 de outubro.
Juntamente com a agenda bilateral, o Chile e o Brasil estão avançando no fortalecimento dos laços, por meio da Aliança do Pacífico e do Mercosul. 
Entre janeiro e julho deste ano, o Chile e o Brasil registraram uma troca comercial de 5.836 bilhões de dólares, 20% a mais que no mesmo período de 2017. 
As exportações chilenas totalizaram 2.016 bilhões de dólares, e as importações daquele país chegaram a 3.820 bilhões.
Chile e Brasil querem concluir acordo comercial antes do fim do ano
Rate this post
Explosões de gás provocam incêndios em quase 40 residências nos EUA
Supertufão Mangkhut atinge as Filipinas com chuvas torrenciais