Concurso ANTT 2017/2018: Edital é solicitado com 720 vagas!

Excelente notícia para os concurseiros que aguardam a abertura de concurso público da Agência Nacional de Transportes Terrestres (Concurso ANTT 2017/2018). Acontece que o pedido de concurso foi enviado ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) com nada menos que 720 vagas em cargos de níveis médio e superior.

A Agência tem intenção de publicar edital de concurso com 701 vagas, sendo 52 para técnico administrativo (nível médio), 307 para técnico em regulação (nível médio), 45 para analista administrativo (nível superior) e 316 para especialista em regulação (nível superior).

O pedido de concurso (veja abaixo), já está está em trâmite no Planejamento. A última movimentação aconteceu no último dia 1º, quando o processo foi recebido na Divisão de Concursos Públicos/CGCOM-SGP/DEPRO-SGP/SGP/Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão.

A Agência já havia solicitado o concurso no ano passado, mas foi negado devido a suspensão dos concursos. Na ocasião, o certame foi solicitado com 701 vagas. De acordo com a Associação dos Servidores da ANTT (ASEANTT), o número de oportunidades que deverão ser oferecidas não supre a real necessidade de servidores. “As vagas apenas completam o quadro previsto na criação da agência, com lei de 2001. A realidade mudou muito desde então. É grande a rotatividade de funcionários, o que agrava ainda mais essa realidade deficitária”.

Prepare-se: Apostila Concurso ANTT 2017/2018 – Atualizada

O Concurso ANTT 2017/2018

O Analista Administrativo requer diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior nas áreas de  administração, biblioteconomia, ciência política, ciências contábeis, comunicação social, direito, tecnologia da informação – desenvolvimento de sistemas da informação e de tecnologia da informação – infraestrutura de TI para concorrer as funções de analista. Porém, é possível que as especialidades seja revistas e alteradas. O cargo tem missão de nível superior voltadas para o exercício de atividades administrativas e logísticas relativas ao exercício das competências constitucionais e legais, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades.

Já o cargo de Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres requer diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior nas áreas de ciências contábeis, direito, economia, engenharia ambiental e engenharia florestal, engenharia civil, engenharia civil/engenharia de produção e de estatística para concorrer as funções de analista. Porém, é possível que as especialidades seja revistas e alteradas. O cargo de nível superior tem como atribuições voltadas às atividades especializadas de regulação, inspeção, fiscalização e controle da prestação de serviços públicos de transportes terrestres, inclusive infraestrutura, bem como à implementação de políticas e à realização de estudos e pesquisas respectivos a essas atividades.

O cargo de Técnico Administrativo deverá ter certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau), expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC. O cargo tem atribuições de nível intermediário, voltadas para o exercício de atividades administrativas e logísticas relativas ao exercício das competências constitucionais e legais, fazendo uso de todos os equipamentos e recursos disponíveis para a consecução dessas atividades.

Por fim, o cargo de Técnico em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres requer certificado, devidamente registrado, de conclusão de curso de ensino médio (antigo segundo grau), expedido por instituição de ensino reconhecida pelo MEC. A função tem atribuições voltadas ao suporte e ao apoio técnico especializado às atividades de regulação, inspeção, fiscalização e controle da prestação de serviços públicos de transportes terrestres, inclusive infraestrutura, bem como à implementação de políticas e à realização de estudos e pesquisas respectivos a essas atividades.

Para nível médio, o concurso ANTT 2017/2018 oferece salário de R$6.147,52 para os técnicos administrativos, e de R$6.415,52 para técnicos em regulação. A primeira função teria 49 vagas, enquanto a segunda com um número maior, totalizando 296 vagas.

Já para nível superior, o subsídio será de R$11.529,29 para analistas e R$12.432,49 para especialistas. As remunerações já estão inclusas o auxílio-alimentação, no valor de R$373.

Último Concurso ANTT

O último concurso da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) foi realizado em 2013, quando contou com oportunidades para Analista Administrativo, Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres, Técnico em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres e Técnico Administrativo. O certame contou com a organização do Cebraspe/Cespe.

Continuar Lendo…

jul 7, 2017Adriano Sena

LEIA TAMBÉM:

Concurso ANTT 2017/2018: Edital é solicitado com 720 vagas!
Rate this post
Concurso da Prefeitura de Guariba SP 2017
Mariana Ferrão relata experiência dos filhos ao ganharem boneca de presente