“Conhecia medo, conhecia pânico e agora conheço a Coreia”, diz jornalista

Reprodução/TV Brasília

Autor da série de reportagens Passaporte para o segredo — que você confere no Correio desde o último domingo (24/9) —, o repórter Renato Alves foi entrevistado nesta quarta-feira no programa CB.Poder, na TV Brasília. No programa, o jornalista contou e mostrou em fotos e vídeos os bastidores de sua viagem de dez dias às Coreia do Norte, o país mais fechado e que mais tem assustado o mundo nos últimos dias.
Durante a conversa, Renato comparou o sistema de controle norte-coreano ao mostrado no livro 1984, de George Orwell, onde o governo detém e manipula todas as informações passadas à população. Nos dias em que esteve no país — entre eles, o do lançamento da bomba H — o jornalista foi acompanhado por agentes do governo e teve fotos apagadas por eles. Por isso, conviveu diriamente com a insegurança de não ter a certeza de que voltaria para casa: “conhecia medo, conhecia pânico e agora conheço a Coreia do Norte”.
Renato Alves/CB/D.A Press Principal praça de Pyongyang, onde são realizados os famosos desfiles militares

 

As reportagens da série Passaporte para o segredo estão disponíveis aqui e na versão impressa do Correio Braziliense. Abaixo, você confere a participação de Renato no CB.Poder:
[embedded content]

 

[embedded content]

“Conhecia medo, conhecia pânico e agora conheço a Coreia”, diz jornalista
Rate this post
Saída de Schäuble marca fim da era de rigor financeiro no governo alemão
Virada Feminista: ativistas discutem na web descriminalização do aborto