Correio tem cinco reportagens na final do Prêmio CNT de Jornalismo

Reprodução Três das matérias finalistas do Prêmio CNT de Jornalismo

Cinco reportagens do Correio Braziliense estão entre as finalistas do Prêmio CNT de Jornalismo, uma das mais tradicionais e conceituadas condecorações da imprensa brasileira. A premiação reconhece os melhores trabalhos sobre a realidade do transporte no país. O jornal concorre em três categorias: Impresso, Internet e Meio Ambiente.
Reprodução

O jornalista Braitner Moreira disputa o prêmio na categoria Internet com a reportagem Compre em casa, receba voando, que trata da revolução dos drones e como essa tecnologia pode se tornar solução para o transporte de cargas. O drone hoje é um esporte em ascensão, com corridas transmitidas, pela tevê, em 140 países. A ideia é aproveitar a evolução do aparelho para atender algumas necessidades da vida prática, como a distribuição.

Em Meio Ambiente, são finalistas O caminho sustentável da água, de Luiz Calcagno, Walder Galvão e Pedro Grigori, e Ciclovias em busca de uma cidade, de Natália Lambert, Leonardo Cavalcanti, Aline Brito e Maiza Santos. A primeira reportagem aborda o reúso da água no setor de transporte, mostrando a importância da gestão em lava a jatos, postos de combustível, transportadoras e metrô. Já Ciclovias… trata dos desafios para que a capital se torne uma cidade amiga das bicicletas, que podem ajudar na mobilidade e na saúde da população.
“As cinco reportagens na final do prêmio CNT, em três categorias diferentes, são o reconhecimento de um trabalho em equipe, que o Correio, ao longo da sua história, sempre valorizou e que se propõe, dia a dia, a apresentar a melhor informação aos seus leitores, no impresso e na internet”, diz a diretora de redação Ana Dubeux.

Seleção

Reprodução

A 24ª edição tem 30 finalistas, nas categorias Impresso, Internet, Televisão, Rádio, Meio Ambiente e Fotografia, todos avaliados pela comissão de pré-seleção, formada por cinco jornalistas professores de comunicação. Em todas as etapas, as reportagens são avaliadas de acordo com a relevância para o setor de transporte, para o transportador e para a sociedade. Também são consideradas a qualidade editorial, a criatividade e a originalidade, a temporalidade e a atualidade dos conteúdos. O resultado final será divulgado pela comissão organizadora em meados de novembro, e a entrega da premiação será no dia 6 de dezembro, em Brasília.

Correio tem cinco reportagens na final do Prêmio CNT de Jornalismo
Rate this post
Passageiros preparam chá de bebê dentro de ônibus para mulher grávida
Menina de 13 anos é estuprada por pai e irmão no Ceará