Donald Trump envia condolências após tiroteio em Las Vegas

 

Washington, Estados Unidos – O presidente Donald Trump enviou nesta segunda-feira (2/10) suas condolências aos familiares das vítimas do tiroteio em Las Vegas, que deixou ao menos 50 mortos e 200 feridos. “Minhas mais sinceras condolências e simpatias às vítimas e famílias afetadas pelo terrível tiroteio em Las Vegas. Que Deus os abençoe!”, escreveu no Twitter.

Saiba mais

  • Vídeo de brasileiro mostra Las Vegas Strip tomada por policiais após mortes

    Vídeo de brasileiro mostra Las Vegas Strip tomada por policiais após mortes

  • Atirador mata cerca de 50 pessoas e deixa outras 200 feridas em Las Vegas

    Atirador mata cerca de 50 pessoas e deixa outras 200 feridas em Las Vegas

  • Acusadas pela morte de meio-irmão de Kim Jong-Un se declaram inocentes

    Acusadas pela morte de meio-irmão de Kim Jong-Un se declaram inocentes

Pouco antes, a Casa Branca informou que notificou o presidente da tragédia e que a situação era monitorada de perto.A polícia calcula que pelo menos 50 pessoas morreram no domingo à noite quando um homem abriu fogo contra a multidão que assistia a um show em Las Vegas, no que já é considerado o tiroteio mais violento da história dos Estados Unidos.

Leia mais notícias em Mundo
“Estamos calculando ao menos 50 mortos e 200 feridos a neste momento”, afirmou o xerife Joseph Lombardo, que identificou o atirador – morto durante o ataque – como Stephen Paddock. Paddock abriu fogo a partir do 32º andar do hotel Mandala Bay, que fica na avenida central Las Vegas Strip, onde acontecia a terceira e última noite de um festival de música country.
As circunstâncias do tiroteio, que aconteceu pouco depois das 22H00 locais (2H00 de Brasília), ainda são incertas e a motivação do criminosos desconhecida. Nenhum grupo assumiu a autoria e ele é considerado um “lobo solitário”.
Donald Trump envia condolências após tiroteio em Las Vegas
Rate this post
Aérea britânica Monarch quebra e deixa 110 mil passageiros sem volta
Temporal com ventos de até 120 km/h causa morte e estragos em cidades do RS