Embaixada dos EUA na Rússia suspende emissão de vistos para não-imigrantes

 Mladen Antonov / AFP O edifício da embaixada dos EUA em Moscou

Moscou, Rússia – O governo dos Estados Unidos suspenderá temporariamente a concessão de vistos na Rússia a partir de quarta-feira (23/8) em consequência da redução do número de funcionários diplomáticos determinada por Moscou em resposta às sanções, anunciou nesta segunda-feira a embaixada americana.

Saiba mais

“Devido ao limite imposto pelo governo russo sobre a quantidade de funcionários diplomáticos autorizados a estar na Rússia, todas as operações sobre vistos de não imigrantes serão suspensas em 23 de agosto, antes da retomada em 1 de setembro apenas em Moscou”, anunciou a embaixada em um comunicado.

Leia mais notícias em Mundo
O governo americano tem consulados em São Petersburgo, Ekaterinburgo e Vladivostok, além da capital. A decisão permanecerá em vigor pelo tempo que Moscou prosseguir com as medidas impostas em julho. As autoridades russas ordenaram a Washington a redução do número de funcionários da embaixada e em consulados de 755 pessoas para 455, o número de empregados nas representações russas nos Estados Unidos.
As medidas, de magnitude inédita, foram adotadas como represália ao confisco de duas propriedades da diplomacia russa nos Estados Unidos e às sanções econômicas votadas pelo Congresso contra Moscou, acusado de interferência na eleição presidencial americana de 2016.
Embaixada dos EUA na Rússia suspende emissão de vistos para não-imigrantes
Rate this post
Big Ben de Londres toca suas últimas baladas antes de 4 anos de silêncio
Veículo avança contra pontos de ônibus e mata uma pessoa em Marselha