EUA: Tempestade Harvey deixa 44 mortos e ao menos 19 desaparecidos

 Scott Olson/Getty Images/AFP O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que vai doar US$ 1 milhão de seu patrimônio pessoal para socorrer as vítimas do furacão

Ao menos 44 pessoas morreram ao longo de uma semana de tempestades na região metropolitana de Houston, no Sul do estado do Texas, nos Estados Unidos (EUA), segundo o último balanço das vítimas do Harvey. Pelo menos 19 pessoas estão desaparecidas, de acordo com o governo local.

Mais de 770 mil moradores do estado receberam orientação para deixar as casas e quase 1 milhão (980 mil) deixaram suas residências por causa do risco de inundações, devido ao transbordamento de rios e reservatórios. Cerca de 40 mil estão em abrigos improvisados. A tempestade já não está sobre a cidade de Houston, mas as inundações continuam.

Saiba mais

Segundo o Centro Nacional de Furacões, o furacão se move e está no norte do Mississipi, Tennesse e Lousiana. Nestas regiões já há registro de algumas enchentes. Alguns estados também estão em alerta como Arkansas e Ohio. Uma das preocupações é com a contaminação das águas. O governo procura formas de garantir água potável à população afetada.

Leia mais notícias em Mundo
O preço da gasolina disparou no país. O galão de gasolina (3,8 litros) subiu em média 60 centavos do começo da semana até agora em várias regiões. Em Atlanta, o preço no final de semana passado variava entre US$ 2,10 e US$ 2,20. Agora, é possível encontrar gasolina a US$ 3 dólares o galão.
Com as refinarias fechadas, não houve produção nem distribuição de gasolina aos estados vizinhos. O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que vai doar US$ 1 milhão de seu patrimônio pessoal para socorrer as vítimas do furacão. As estimativas de prejuízos apontam que o valor pode chegar a US$ 160 bilhões, o que faz do desastre, o mais caro da história dos Estados Unidos.
EUA: Tempestade Harvey deixa 44 mortos e ao menos 19 desaparecidos
Rate this post
Combates em Mianmar deixaram quase 400 mortos e 47 mil deslocados
Professora é morta estrangulada em aula de catequese no RS