Furacão Irma atinge as ilhas de São Bartolomeu e São Martinho

AFP Photo / NOAA/RAMMB

Paris, França – O olho do furacão Irma atravessou nesta quarta-feira (6/9) as ilhas antilhanas de São Bartolomeu e São Martinho, anunciou o serviço de meteorologia francês, Météo France. O olho fenômeno, de quase 50 quilômetros de diâmetro, permaneceu 1h30 em São Bartolomeu e alcançou depois São Martinho, um pouco mais ao noroeste.

“Acontecem no momento impactos importantes nestas ilhas” caribenhas”, destacou o Météo France. O mar “está extremamente violento nas costas e há uma grande submersão das zonas baixas do litoral”.
Leia mais notícias em Mundo
A passagem do olho do furacão Irma foi acompanhada por uma “calma temporária e enganosa”, mas em seguida chegou um “muro de nuvens e ventos, provocando as condições mais extremas”, explicou o meteorologista Jerome Lecou.
Em um primeiro momento, Météo France registrou ventos de 244 km/h em São Bartolomeu, mas o organismo perdeu os instrumentos de medição na ilha, arrastados pelo furacão. A ilha de Guadalupe permaneceu mais na periferia, mas registrou ventos de 100 km/h, fortes chuvas e condições do mar “muito perigosas”. Irma segue agora para Anguilla, Ilhas Virgens britânicas e a ponta leste de Porto Rico.
Furacão Irma atinge as ilhas de São Bartolomeu e São Martinho
Rate this post
ONU diz que Síria foi responsável por ataque químico que matou 83 pessoas
Mecanismos neurais e genética interferem na obesidade infantil, diz estudo