Hillary Clinton relata tentativa de intimidação de Trump durante debate

 Jewel Samad / AFP - 09/11/2016

Washington, Estados Unidos – Quando Donald Trump parou atrás de Hillary Clinton durante o segundo debate da campanha presidencial do ano passado, a candidata democrata sentiu arrepios.

“Estávamos em um palco pequeno e não importa para onde eu caminhasse, ele me seguia de perto, me encarando, fazendo caretas. Era incrivelmente desconfortável”, escreve Clinton no livro “What Happened”, que será lançado em 12 de setembro nos Estados Unidos, e do qual a emissora MSNBC publicou dois trechos curtos. “Minha pele se arrepiou”, admitiu, descrevendo a situação.
“Bem, o que você faria? Ficaria calma, continuaria sorrindo e prosseguiria como se ele não estivesse, repetidamente, invadindo seu espaço? Ou você viraria, observaria ele nos olhos e afirmaria de maneira alta e clara: “Saia daqui, seu asqueroso, saia de perto de mim. Eu sei que você adora intimidar as mulheres, mas você não vai me intimidar, então pode sair”, escreveu.
Hillary admite que escrever o livro não foi fácil. Ela comenta o seu fracasso na campanha presidencial e os motivos que, acredita, a levaram a perder, principalmente pela suposta interferência russa. Ela reconhece que decepcionou milhões de americanos. “Não consegui completar o trabalho. E terei que viver com isso pelo resto da minha vida”.
Hillary Clinton relata tentativa de intimidação de Trump durante debate
Rate this post
Livro de Hillary Clinton fala de sua repulsa visceral por Trump
Ao lado de procuradora afastada, Janot diz que Venezuela vive 'ditadura'