Ilha grega de Kos se recupera aos poucos de terremoto

AFP / LOUISA GOULIAMAKI


Cos, Grécia –
A ilha de Kos tentava voltar ao normal neste sábado depois do forte terremoto que a atingiu na madrugada de sexta-feira, e que também afetou a cidade turística turca de Bodrum.

O tremor submarino, de magnitude entre 6 e 6,7 graus, aconteceu em um momento que ainda havia bastante movimento nas ruas e provocou duas mortes, além de ter deixado quase 480 feridos, 120 deles em Kos e cerca de 360 em Bodrum.
“Com todas as pessoas que estavam nas ruas, só ter dois mortos é um milagre”, declarou ao jornal Kathimerini o prefeito adjunto da cidade, David Yerasklis.
Neste sábado havia uma pequena confusão no aeroporto da ilha grega, destino de inúmeros britânicos e escandinavos. Muitos voos sofreram atrasos e o porto principal da ilha, atingido pelo terremoto, continuava fechado.
As infraestruturas do resto da ilha estão, no geral, intactas, segundo as autoridades, e o tráfego marítimo foi desviado para o porto de Kefalos, a oeste da ilha.
O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, pediu que não “dramatizem”. “Criar um clima de exagero e de drama não ajudará a devolver a normalidade à ilha”, declarou em comunicado.
Ilha grega de Kos se recupera aos poucos de terremoto
Rate this post
No twitter, Trump critica Hillary, caso de e-mails, Rússia e fala em perdão
Soldado de 35 anos é o 90º PM assassinado no Rio neste ano