Iraque inicia operação para expulsar últimos combatentes do Estado Islâmico

Suleiman al-ANBARI/ AFP O exército iniciaram uma vasta operação para limpar a região de Al Yazira

Bagdá, Iraque – O Iraque anunciou nesta quinta-feira (23/11) o início de uma operação militar no deserto da região oeste do país para expulsar os últimos combatentes do grupo extremista Estado Islâmico (EI) de seu território.

Saiba mais

“O exército, a polícia federal e (as forças paramilitares de) Hash al-Shaabi iniciaram esta manhã uma vasta operação para limpar a região de Al Yazira, que passa pelas províncias de Saladino, Nínive e Al-Anbar”, afirma em um comunicado o general Abdelamir Yarallah, do Comando Conjunto de Operações (JOC).

Leia mais notícias em Mundo
De acordo com especialistas, isto representa 4% do território do país, ou seja, 7.000 quilômetros quadrados. Em um comunicado separado, a Hashd al-Shaabi anunciou “a primeira etapa de uma longa operação para libertar uma região desértica entre as províncias de Saladino, Nínive e Al-Anbar, até a fronteira com a Síria”.
“A ofensiva, com o apoio das forças aéreas iraquianas e realizada em conjunto com o exército e a polícia federal, foi iniciada a partir de três eixos”, afirma o comunicado.
O primeiro-ministro iraquiano, Haider Al Abadi, afirmou na terça-feira que não pretendia anunciar a derrota do EI antes de limpar os redutos jihadistas que persistem nas zonas desérticas do país. “Após o fim da operação, anunciaremos a derrota total do Daesh no Iraque”, disse, em referência ao EI por seu acrônimo em árabe.
Iraque inicia operação para expulsar últimos combatentes do Estado Islâmico
Rate this post
Indonésio mata cobra com as mãos e vira herói nas redes sociais
Conheça os perigos do uso da iluminação artificial externa