Irene Ravache se indigna com regime semiaberto para Anna Carolina Jatobá

Instagram/Reprodução O crime ocorreu em março de 2008 e chocou o país

A atriz Irene Ravache divulgou um vídeo nas redes sociais se declarando contrária à decisão da Justiça que autorizou a madrasta de Isabella Nardoni, Anna Carolina Jatobá, a deixar o regime de prisão fechado e ir para o regime semiaberto.

Leia mais notícias em Brasil

 
”Acabo de saber que a assassina da menina Isabella Nardoni recebeu um benefício da justiça. Não entendo de leis e não quero falar disso, quero falar de Isabella. Quero pedir a todas as mães, avós, madrastas, tias, madrinhas, irmãs, que se unam para pedir justiça à Isabella”, pontua a atriz na publicação.

”A assassina dela não pode receber benefício. É cruel. Ela não pode receber benefício por bom comportamento. Foi bom comportamento jogar a enteada pela janela? Senhores da Justiça, nós não aceitamos isso! Somos mães, avós e não queremos essa mulher em liberdade”, finaliza.
 
A madrasta foi condenada a 26 anos e 8 meses de prisão pelo assassinato da enteada em março de 2008. O pai, Alexandre Nardoni, também está preso e recebeu pena de 30 anos, 2 meses e 20 dias de prisão.
 
O crime ocorreu em março de 2008 e chocou o país. Isabella tinha 5 anos e foi jogada pela janela do sexto andar do Edifício London, na Zona Norte de São Paulo. A repercussão do caso foi internacional. O casal Alexandre e Ana Carolina sempre negaram ter matado Isabella.
 

Confira o vídeo

Irene Ravache se indigna com regime semiaberto para Anna Carolina Jatobá
Rate this post
Presidente chinês quer alta de importações e investimentos estrangeiros
Senadores da Colômbia e do Chile denunciam Maduro em tribunal internacional