Israel derruba casa de palestino que matou três israelenses na Cisjordânia

Abbas Momani / AFP - 16/8/2017 Restos da casa de um palestino, que matou três residentes judeus de um assentamento israelense

Jerusalém, Undefined – O exército de Israel destruiu a casa de um palestino que matou três israelenses em julho em uma colônia da Cisjordânia ocupada, anunciou nesta quarta-feira (16/8) um porta-voz militar, uma medida que o governo do Estado hebreu considera dissuasória para quem pensa em atacar seus cidadãos. 

O palestino entrou em uma casa da colônia de Neve Tzuf, perto de Ramallah, e matou três israelenses a facadas, um pai e os dois filhos. A polícia prendeu o criminoso depois que um vizinho, alertado pelos gritos das vítimas, o feriu com uma arma de fogo. 
Raed Barghuti, palestino que mora na localidade de Kubar, onde reside a família do agressor Omar al-Abed, de 19 anos, perto de Ramallah, o exército israelense destruiu a casa de dois andares.
O ataque contra a colônia coincidiu com as tensões provocadas pela decisão israelense de aumentar as medidas de segurança ao redor da Esplanada das Mesquitas, o terceiro local sagrado do islã, na Cidade Antiga de Jerusalém. 
Israel derruba casa de palestino que matou três israelenses na Cisjordânia
Rate this post
Theresa May diz que Brexit não encerrará "relação especial" com Irlanda
Bombeiros detém o avanço de três grandes incêndios na Grécia