Itamaraty diz que não há brasileiros entre os mortos do terremoto no México

AFP Terremoto deixou rastro de destruição na Cidade do México

O Itamaraty informou na noite desta terça-feira, (19/9), que não há brasileiros entre as vítimas do terremoto de 7.1 graus que atingiu a Cidade do México. O tremor derrubou dezenas de prédios, cortou a energia elétrica e serviços de telefonia e deixou milhares de pessoas em pânico nas ruas da cidade. Até agora, o número de mortos passa dos 50, mas pode ser ainda muito maior.

“O governo brasileiro transmite suas condolências às famílias das vítimas e expressa sua solidariedade ao povo e ao governo do México”, diz a nota. O texto diz ainda que as autoridades do Brasil acompanham a situação a partir do Consulado-Geral do Brasil no México e da Divisão de Assistência Consular (DAC) em Brasília.

Saiba mais

O poderoso terremoto foi sentido fortemente na capital do país, onde se viveram cenas de pânico apenas duas horas após a população ter saído às ruas de todo o país numa simulação em recordação ao violento terremoto de 1985, que devastou a capital e deixou dezenas de milhares de mortos.

Na praça Cibeles, crianças com crise de pânico foram evacuadas da escola, enquanto os pais, angustiados, as buscavam em meio à multidão, constatou um jornalista da AFP.
“Estava caminhando pela (rua) Colima e as janelas começaram a se mexer. Vi as pessoas correndo, começaram a gritar. Ficou muito feio. Não queria me aproximar de nenhuma árvore. Tive que me jogar no chão”, contou Leiza Visaj Herrera, de 27 anos.
O terremoto acontece 10 dias depois de um outro grande tremor de terra no país, que aconteceu no estado de Chiapas, o mais pobre do México, e que deixou 100 mortos. 
Itamaraty diz que não há brasileiros entre os mortos do terremoto no México
Rate this post
Maduro acusa Trump de ameaça de morte
Deputado entra com representação no CNJ contra juiz da 'cura gay'