Jovem vence câncer e retorna a hospital como enfermeira 20 anos depois

Reprodução/Facebook Montana foi diagnosticada com a doença aos dois anos de idade

 

Uma jovem de 24 anos venceu duas vezes o rabdomiossarcoma, um tipo raro de câncer que se desenvolve a partir de células musculares esqueléticas. Cerca de 20 anos depois do primeiro tratamento, a norte-americana Montana Brown voltou ao hospital no qual fez quimioterapia, dessa vez, como enfermeira, ajudando crianças com câncer. 

Saiba mais

  • Cientistas descobrem forma de fazer células cancerígenas se autodestruírem

    Cientistas descobrem forma de fazer células cancerígenas se autodestruírem

  • Modificação genética impede que substâncias cancerígenas surjam no milho

    Modificação genética impede que substâncias cancerígenas surjam no milho

  • Células cancerígenas presentes no sangue nem sempre disseminam a doença

    Células cancerígenas presentes no sangue nem sempre disseminam a doença

Montana foi diagnosticada com a doença aos dois anos de idade. A criança foi levada pelos pais ao AFLAC Cancer Center, um centro de assistência a crianças com câncer e distúrbios sanguíneos, em Atlanta, Georgia, nos Estados Unidos. Após um ano de quimioterapia Montana felizmente entrou em remissão. Após uma infância normal e esperançosa, aos 15 anos a doença voltou e a adolescente retornou ao AFLAC.

Montana retorna ao hospital que visitou durante a infância, dessa vez, em outra posição: como enfermeira. Ela conta que o carinho das enfermeiras com ela foi essencial para a recuperação e acredita que ter passado pela situação que muita crianças estão hoje, pode ajudá-las a sentir-se melhor. 
“As enfermeiras aqui eram extremamente carinhosas e compreensivas. O amor que eles mostraram a mim e a minha família, em nosso tempo de necessidade, realmente me ajudou. Isso me inspirou a querer me tornar tão amável, atenciosa e tão compreensiva como eles eram para mim. Eu realmente queria ser essa pessoa que pode dizer “oi, eu entendo totalmente. Foi aqui que eu estava. É aqui que estou agora”, comentou Montana à ABC.
Em uma publicação em seu Facebook pessoal, Montana conta que não poderia estar mais empolgada. “Nunca, em um milhão de anos, eu pensei que, aos 24 anos, eu teria alcançado meu sonho maior sonho: trabalhar no hospital em que fui tratada como criança / adolescente”.
Jovem vence câncer e retorna a hospital como enfermeira 20 anos depois
Rate this post
Ônibus que ia para parque aquático na BA capota e deixa ao menos 5 mortos
Justiça sul-africana confirma que presidente pode ser processado