Ministro quer todos os estados no sistema de boletins de ocorrência

(foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press)(foto: Antonio Cunha/CB/D.A Press)

A partir desta sexta-feira (13/7), todos os estados e municípios devem aderir ao Boletim Nacional de Ocorrência, adotado por parte do Sistema Único de Segurança Pública, aprovado no Congresso Nacional no último 11 de junho. A medida serve para integrar dados no âmbito da segurança pública e otimizar o serviço. Até o momento, apenas 11 estados estão integrados – Rio de Janeiro e São Paulo não estão entre eles. A expectativa do governo federal é de que, até 2019, todos já possam compartilhar das informações. 
De acordo com o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, todas as localidades que ainda não aderiram ao compartilhamento e à unificação das  informações terão um prazo para se atualizarem. No entanto, por lei, se houver resistência, os estados poderão sofrer sanções, como falta de repasse de recursos destinados à segurança pública. 
Dos 11 estados, nove utilizam a ferramenta gratuita do Sistema Nacional de Estatísticas de Segurança Pública (Sinep). Apenas dois sintonizaram a própria base de dados na plataforma do governo. “O país não tinha um sistema nacional, tampouco uma politica nacional de segurança. Este trabalho envolverá União, estado e municípios”, acrescentou Jungmann. 
Até o momento, já foram gastos R$ 30 milhões. Cada estado, por sua vez, gasta, em média, por ano, R$ 9 milhões para atualizar o setor informativo e tecnológico local. Para o Secretário Nacional de Segurança Pública, Flávio Basílio, a unificação vai gerar uma “grande economia para o país”. 
“A integração não é só o boletim nacional, é preciso  haver também dados do sistema prisional e pouco estados ainda contribuem com isso. Queremos uma rede aberta, com transparência. Essa era chegou”, afirmou o ministro. Até agosto, segundo Jungmann, deve ser instalado o  Conselho Nacional de Segurança Pública e a divulgação da Polícia Nacional de Segurança Pública. 
Ministro quer todos os estados no sistema de boletins de ocorrência
Rate this post
Procurador dos EUA indicia 12 agentes russos por hackearem partido
Primeira radiografia colorida e em 3D é feita em seres humanos