‘Nunca houve nada parecido’, diz Trump sobre inundações no Texas

MARK RALSTON

O presidente americano, Donald Trump, lamentou nesta segunda-feira as inundações que assolam o Texas, afirmando que “nunca houve nada parecido”, na véspera de sua primeira visita à zona afetada pela catástrofe.

Saiba mais

  • Trump declara emergência na Louisiana pela tempestade Harvey

    Trump declara emergência na Louisiana pela tempestade Harvey

  • Texas: autoridades esperam 30 mil desabrigados após o furacão Harvey

    Texas: autoridades esperam 30 mil desabrigados após o furacão Harvey

  • Houston enfrenta inundações na passagem da tempestade Harvey

    Houston enfrenta inundações na passagem da tempestade Harvey

“É a maior já vista, estão dizendo que é a maior, é histórica”, disse Trump, referindo-se à inundação provocada pela tempestade tropical Harvey, que se move ao longo da costa do Texas em direção à Luisiana.

O presidente tem previsto visitar o Texas na terça-feira na companhia da primeira-dama, Melania Trump, e não descartou viajar a Luisiana no sábado, dependendo de como a tempestade vai evoluir nos próximos dias. Ele alertou que a recuperação do Texas será uma “via longa e difícil”.

“Provavelmente nunca houve nada como isto”, reforçou Trump. O presidente declarou que sua equipe tem mantido contato com os líderes do Congresso para discutir como auxiliar os milhões de afetados.

“Estamos trabalhando com o Congresso”, disse Trump no Salão Oval da Casa Branca, em alusão ao elevado custo de recuperação que se espera. “Queremos cuidar do povo do Texas e da Luisiana”, acrescentou.  Harvey deixou debaixo d’água Houston, a quarta maior cidade dos Estados Unidos e a capital da indústria petroleira do país.

A todo momento, Trump tem tentado mostrar que comanda a situação e que não cometerá os mesmos erros de presidentes anteriores, que falharam em dar uma resposta federal adequada a situações de emergência.

Leia mais notícias em Mundo

“As coisas estão sendo muito bem gerenciadas, o espírito do povo é incrível e a coordenação entre os diferentes serviços, como vocês sabem, está indo muito bem”, disse.

O Centro Nacional de Furacões informou que Harvey é a pior tempestade de chuva registrada até agora, com precipitações que podem superar os 120 centímetros em algumas regiões, entre elas Houston, com 2,3 milhões de habitantes, e mais de seis milhões em sua região metropolitana.

‘Nunca houve nada parecido’, diz Trump sobre inundações no Texas
Rate this post
Temer revoga decreto que extingue reserva na Amazônia
ONU alerta para aumento de casos de doença misteriosa na América Central