ONU não atingiu seu potencial nos últimos anos, diz Trump

Mandel Ngan / AFP

Os Estados Unidos lideraram uma reunião sobre reformas na Organização das Nações Unidas (ONU), em meio ao começo da Assembleia Geral, que deve reunir diversas lideranças do mundo em Nova York.

O presidente americano, Donald Trump, e a embaixadora dos EUA na ONU, Nikki Haley, participaram conjuntamente da reunião. Ao lado do secretário-geral da ONU, o português António Guterres, o republicano declarou que a organização não atingiu seu potencial nos últimos anos devido ao “excesso de burocracia” e que a ONU deve responsabilizar todos os níveis de administração da instituição.
Leia mais notícias em Mundo
Haley declarou que 128 Estados-membros da ONU assinaram a resolução, encabeçada pelos EUA, por reformas na organização e pediu para que todos os países assinem o documento. Já Guterres encerrou a breve reunião declarando que os Estados-membros deve mudar a forma como operam e que a ONU precisa ser “flexível e eficiente”.
ONU não atingiu seu potencial nos últimos anos, diz Trump
Rate this post
França defende acordo nuclear com o Irã e sanções contra Pyongyang
Templo chinês de 2 mil toneladas é deslocado em 30 metros