Polícia caça responsáveis por atentado que deixou 29 feridos em Londres

Reprodução/ Twitter

O grupo extremista Estado Islâmico (EI) assumiu a autoria do atentado a bomba que deixou 29 feridos, nesta sexta-feira (15/9), em horário de pico, no metrô de Londres.

Leia mais notícias em Mundo

“O atentado a bomba no metrô de Londres foi cometido pelo Estado Islâmico”, anunciou a Amaq, o órgão de propaganda do grupo, em nota divulgada nas redes sociais.

O ataque – o quinto em seis meses na Grã-Bretanha – aconteceu às 8h20 (4h20 de Brasília) na estação de Parsons Green, localizada em um bairro nobre no sudoeste da capital.

Saiba mais

A primeira-ministra britânica, Theresa May, denunciou um atentado “odioso”, ressaltando que a bomba usada foi concebida para causar enormes danos.

“O dispositivo explosivo era destinado a provocar enormes danos”, declarou May em uma mensagem televisionada, após uma reunião de emergência de seu gabinete.

O Serviço Nacional de Saúde (NHS, na sigla em inglês) informou que 29 feridos, nenhum em estado grave, foram hospitalizados, “em sua maioria por queimaduras”, de acordo com Rowley, em um balanço atualizado das vítimas.

Polícia caça responsáveis por atentado que deixou 29 feridos em Londres
Rate this post
Nave espacial Cassini entra para a história após duas décadas de missão
Após ocupar torres de transmissão, índios negociam com o governo paulista