Primeira-ministra britânica, Theresa May, garante que não irá renunciar

Kazuhiro Nogi / AFP - 31/8/2017 May afirmou que não existe absolutamente qualquer fundamento que justifique estas informações

London, Reino Unido – A primeira-ministra britânica, Theresa May, afirmou nesta quinta-feira (31/8) que pretende ficar à frente do Partido Conservador até as próximas eleições legislativas britânicas, previstas para 2022.

Em declarações ao canal Sky News, May rebateu assim os boatos sobre sua possível renúncia em 2019, data que o Reino Unido abandonará a União Europeia.
Leia mais notícias em Mundo

Saiba mais

  • Theresa May diz que Brexit não encerrará

    Theresa May diz que Brexit não encerrará “relação especial” com Irlanda

  • Theresa May completa um ano no poder, e Brexit está mais nebuloso que nunca

    Theresa May completa um ano no poder, e Brexit está mais nebuloso que nunca

  • Theresa May admite a

    Theresa May admite a “realidade” e estende a mão à oposição

Não existe “absolutamente qualquer fundamento que justifique estas informações”, declarou May. Em outra entrevista, com a BBC, sobre sua intenção de liderar o Partido Conservador nas próximas eleições legislativas, May respondeu: “Sim, estou aqui para o longo prazo”.

“Trata-se de algo crucial. O que eu e meu governo queremos não é apenas cumprir com nossa palavra sobre o Brexit, queremos oferecer um melhor futuro ao Reino Unido”, declarou May durante visita ao Japão.
Primeira-ministra britânica, Theresa May, garante que não irá renunciar
Rate this post
Congresso do Partido Comunista Chinês começará em 18 de outubro
Coreia do Norte adverte Japão sobre 'autodestruição iminente'