Professora é agredida por aluno de 15 anos em Santa Catarina

Facebook/Reprodução “Estou dilacerada por ter sido agredida fisicamente. Estou dilacerada por saber que não sou a única, talvez não seja a última”, disse a professora

Ao expulsar um aluno da sala de aula por mau comportamento, uma professora de Indaial, interior de Santa Catarina, foi agredida e teve o rosto machucado. Ela precisou levar pontos. Em um relato emocionado no Facebook, a professora de língua portuguesa e literatura Marcia Friggi, de 52 anos, compartilhou fotos do rosto e relatou a agressão vivida na Escola Prefeito Germano Brandes Junior.

“Ele estava com o livro sobre as pernas e eu pedi: ‘Coloque seu livro sobre a mesa, por favor’. ‘Eu coloco o livro onde eu bem quiser’. ‘As coisas não são assim’. ‘Ahhh, vai se f*’. ‘Retire-se por favor’.”, relembrou o diálogo a professora.

Leia mais notícias em Brasil

Ao relatar o fato à direção, Márcia Friggi foi agredida pelo aluno de 15 anos. “Foi muito rápido, não tive tempo ou possibilidade de defesa. O último soco me jogou na parede”, disse ela, que colocou o título de “dilacerada” em seu texto. 
“Estou dilacerada por ter sido agredida fisicamente. Estou dilacerada por saber que não sou a única, talvez não seja a última. Estou dilacerada por já ter sofrido agressão verbal, por ver meus colegas sofrerem. Estou dilacerada porque me sinto em desamparo, como estão desamparados todos os professores brasileiros. Estamos, há anos, sendo colocados em condição de desamparo pelos governos. A sociedade nos desamparou. A vida”, escreveu. 
Até o início da noite, a publicação já tinha mais de 70 mil compartilhamentos, 117 mil manifestações e mais de 2 mil comentários.
Professora é agredida por aluno de 15 anos em Santa Catarina
Rate this post
Substância presente no tomate pode combater o câncer de pele
Trump deixa em aberto possibilidade de acordo com talibãs