Quase quatro mil alunos estão sem aula no Rio por causa de ações policiais

Agência Brasil A Polícia Militar permanece nas duas comunidades devido a brigas entre criminosos rivais

Quase quatro mil alunos de escolas municipais estão sem aula mesta quarta-feira (20/9) em duas regiões do Rio de Janeiro por causa de operações policiais. Segundo a Secretaria Municipal de Educação, na região do Morro do Juramento, Juramentinho e Faz Quem Quer, na zona norte da cidade, 1.962 estudantes de três escolas e cinco unidades de educação infantil não puderam ir à escola.

Saiba mais

No Morro do São Carlos, na região central da cidade, mais 1.822 alunos de duas escolas e quatro unidades de educação infantil estão sem aula.

A Polícia Militar permanece nas duas comunidades devido a brigas entre criminosos rivais. No Morro do Juramento, o confronto pelos pontos de venda de drogas na comunidade deixaram pelo menos cinco mortos no último sábado (16/9).
Já no São Carlos, a operação é para tentar prender integrantes da quadrilha que tentou tomar os pontos de venda de drogas na Rocinha, zona sul da cidade, no último domingo (17/9). Os confrontos entre criminosos rivais e entre policiais e bandidos, na favela da zona sul, deixaram pelo menos quatro mortos.
Por causa dos confrontos na Rocinha, os policiais fazem operações na própria Rocinha, Vidigal e Chácara do Céu, na zona sul, e na Vila Vintém, na zona oeste da cidade, além do Morro do São Carlos.
Quase quatro mil alunos estão sem aula no Rio por causa de ações policiais
Rate this post
Brasil assina na ONU Tratado para Proibição de Armas Nucleares
Estado Islâmico é expulso de mais de 90% da cidade síria de Raqqa