Sobe para 9 número de crianças mortas em incêndio em creche de Janaúba

Leandro Couri/EM/DA Press Com ele, chega a 11 o número de mortos na tragédia

Morreu, na madrugada desta segunda-feira (9/10), o menino Matheus Felipe Rocha Santos, de 5 anos, vítima do vigia que ateou fogo em crianças na creche Gente Inocente, em Janaúba, Norte de Minas Gerais. Com ele, chega a 9 o número de crianças mortas na tragédia, que também resultou na morte de uma professora e do agressor. 

Saiba mais

Matheus estava internado no Hospital João XXIII, em Belo Horizonte, e até o fim de semana ele estava estabilizado, mas a situação dele era grave. A criança morreu às 4h, segundo a prefeitura de Janaúba e o Corpo de Bombeiros. Ainda não há informações sobre o velório e sepultamento do menino.

Nesse domingo (8/10), duas crianças vítimas do ataque na creche, que estão internadas no Hospital Infantil João Paulo II, saíram do CTI. A situação se repetiu com outras duas crianças internadas no Hospital Odilon Behrens, informou a assessoria da unidade. Além da melhora do quadro de saúde dessas quatro, que continuam internadas, um menino teve alta da Santa Casa de Montes Claros e foi liberado para voltar para casa. 
Segundo a Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig), os dois casos do João Paulo II são de crianças que não sofreram com queimaduras graves, mas inalaram fumaça e tiveram problemas respiratórios após serem retiradas da creche. O boletim da Fhemig aponta que o estado de saúde das duas crianças é estável, mas ainda não existe previsão de alta. 
Já a assessoria do Odilon Behrens informou que duas crianças, de seis e quatro anos, passaram do CTI para o setor da pediatria. A terceira criança internada no Odilon, de dois anos, segue estável e não corre risco de morrer. São 14 feridos em BH, já que além dos cinco nos hospitais João Paulo II e Odilon Behrens, outros nove (sendo seis crianças e duas mulheres) estão no João XXIII. 
Além dos 13 pacientes em BH, outros 10 seguem se recuperando da tragédia na cidade de Montes Claros, também no Norte de Minas. Ainda ontem, Arthur Gabriel Soares Souza, de 4 anos, recebeu alta da Santa Casa de Montes Claros, diminuindo o número de feridos na unidade para nove, sendo sete crianças e duas mulheres. Outra alta de Montes Claros veio do Hospital Universitário da Unimontes, já que Ludmila Cristine, de seis anos, foi liberada. Outra criança segue internada na unidade. Ao todo, são 23 feridos que ainda estão internados em Montes Claros e em BH. 

O crime

Na manhã da última quinta-feira, 5 de outubro,  o vigia Damião Soares dos Santos, de 50 anos, colocou fogo na creche Gente Inocente, em Janaúba, no Norte de Minas. No momento em que o vigia jogou álcool e ateou fogo nas vítimas, a creche recebia 75 crianças e 17 funcionários que antecipavam a comemoração do Dia das Crianças. 
Continua depois da publicidade
Confira os nomes dos mortos:
Crianças 
1. Juan Pablo Cruz dos Santos, 4 anos 
2. Luiz Davi Carlos Rodrigues, 4 anos 
3. Ruan Miguel Soares Silva, 4 anos 
4. Ana Clara Ferreira Silva, 4 anos 
5. Renan Nicolas dos Santos Silva, 4 anos 
6. Cecília Davina Gonçalves Dias, 4 anos
7. Yasmin Medeiros Sabino, 4 anos, 
8. Thallyta Vitória Bispo, 4 anos
9. Matheus Felipe Rocha Santos, 4 anos
1. Damião Soares dos Santos, de 50 anos, autor do crime 
2. Heley de Abreu Silva Batista, 43 anos, a professora que tentou salvar as crianças 
(Com informações de Marcelo da Fonseca)
Sobe para 9 número de crianças mortas em incêndio em creche de Janaúba
Rate this post
Espanha adverte que irá restaurar a lei se Catalunha declarar independência
Creche será reaberta em 80 dias e deve receber nome da professora