Suspeitos de desaparecimento de menina na França são liberados

Dois suspeitos que tinham sido presos na investigação do desaparecimento de uma menina de 9 anos durante uma festa nos Alpes franceses, foram liberados. Moradores na região se mobilizaram, nesta sábado (2), em uma “batida cidadã”. 

PHILIPPE DESMAZES / AFP
Os dois homens, ambos de 34 anos, foram liberados na noite desta sexta-feira, após passarem dois dias detidos, por causa do desaparecimento de Maëlys de Araujo na madrugada de domingo passado, em um casamento. Um deles estava entre os convidados da festa, em Pont-de-Beauvoisin. As incoerências e imprecisões de suas declarações levaram à sua prisão.

Saiba mais

A polícia poderá detê-lo novamente se julgar necessário durante a apuração de sequestro. Uma fonte próxima ao caso garantiu que “a investigação continua”, enquanto centenas de pessoas, em resposta a um chamado nas redes sociais, rastreavam novamente, neste sábado, os lugares onde o desaparecimento pode ter acontecido. 

Maëlys, que foi à festa com os pais, foi vista pela última vez no domingo, na sala de estar do local em Pont-de-Beauvoisin, a cerca de 50 quilômetros de Grenoble, onde acontecia a celebração. Desde o desaparecimento da menina, de olhos e cabelos castanhos, os investigadores realizam intensas buscas, sem sucesso. Também interrogaram cerca de 250 pessoas presentes no casamento e em duas outras festas que aconteciam no vilarejo, de 3.500 habitantes.
Suspeitos de desaparecimento de menina na França são liberados
Rate this post
Desativação de bomba da Segunda Guerra evacua 21 mil na Alemanha
Tamanduá-bandeira pode desaparecer em 20 anos, diz estudo