Turquia quer revistar consulado saudita após desaparecimento de jornalista

(foto: OZAN KOSE / AFP)(foto: OZAN KOSE / AFP)

 

Ancara, Turquia – As autoridades turcas pediram para revistar o consulado saudita em Istambul, quase uma semana depois do desaparecimento do jornalista Jamal Khashoggi, que não deu notícias desde que se apresentou na representação diplomática, informou nesta segunda-feira a rede NTV.
O pedido foi transmitido ao embaixador saudita em Ancara, convocado pela segunda vez ao ministério das Relações Exteriores turco, segundo o canal privado.
“Foi-lhe transmitido que esperamos sua total cooperação nesta investigação”, disse uma fonte do ministério, citada pela emissora e que pediu anonimato.
Riad diz que o jornalista, crítico do regime saudita e que escrevia para o Washington Post, foi ao consulado para um procedimento administrativo, mas que depois deixou o local.
Ancara afirma o contrário, enquanto outras fontes do governo acreditam que ele foi morto dentro do consulado.
O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, falou pela primeira vez no domingo sobre este caso e disse que aguardaria o resultado da investigação antes de se pronunciar. 
Turquia quer revistar consulado saudita após desaparecimento de jornalista
Rate this post
Rússia convocará embaixador holandês após acusações de ciberataque
Acidente deixa sete mortos na BR-267, no Sul de Minas Gerais