Descarrilamento de trem em Milão deixa ao menos 2 mortos e vários feridos

Vigili Del Fuoco/AFP Equipes de resgate no local do acidente: ao menos dois mortos

 

Milão, Itália – Ao menos duas pessoas morreram, e mais de 100 ficaram feridas, dez gravemente, quando um trem regional descarrilou nesta quinta-feira (25/1) de manhã perto da cidade italiana de Milão – anunciou uma fonte dos serviços de resgate. O descarrilamento aconteceu por volta das 7h (4h, horário de Brasília) nos arredores dessa cidade do norte da Itália, afirmou Cristina Corbetta, diretora regional dos serviços de socorro em Milão, à Sky TG24.

 

As causas do incidente ainda são desconhecidas. Duas horas depois, os socorristas continuavam no interior dos vagões em busca de passageiros presos nas ferragens. Ao menos dois vagões ficaram virados.

Leia as útlimas notícias em Mundo

As imagens de televisão mostravam a retirada dos feridos. Aqueles em estado mais grave foram atendidos em um campo próximo. Segundo uma jornalista da Sky TG24, de cinco a seis pessoas permaneciam presas nos vagões.

 

O episódio aconteceu nas imediações de Segrate, um subúrbio ao leste de Milão. Apenas os vagões intermediários do comboio se descarrilaram. O trem regional cobria o trajeto entre Cremona e o centro da capital econômica italiana. É o mais grave acidente desde a catástrofe ferroviária que deixou 23 mortos em julho de 2016 em Puglia, no sul do país.

Descarrilamento de trem em Milão deixa ao menos 2 mortos e vários feridos
Rate this post
Ganhadores de loteria deixaram de sacar R$1,26 bilhão nos últimos 4 anos
Trump diz que "adoraria" ser interrogado sobre eleições de 2016 e a Rússia