Meghan Markle confirma que o pai não comparecerá a seu casamento

(foto: Adrian Dennis/AFP)(foto: Adrian Dennis/AFP)

Londres, Reino Unido – A atriz americana Meghan Markle anunciou, nesta quinta-feira (17/5), em um comunicado que seu pai não comparecerá a seu casamento com o príncipe Harry da Inglaterra no sábado para “concentrar-se em sua saúde”.
“Infelizmente, meu pai não comparecerá ao nosso casamento. Eu sempre cuidei do meu pai e espero que ele tenha o espaço que precisa para concentrar-se em sua saúde”, afirma a noiva em um comunicado divulgado pelo Palácio de Kensington, após uma semana de boatos sobre Thomas Markle, de 73 anos.
O pai da noiva foi submetido a uma operação cardíaca nessa quarta-feira. O americano, que vive no México, declarou ao site TMZ que “estava bem”, mas que precisava “de tempo para me recuperar”.
“Gostaria de agradecer a todos que enviaram generosas mensagens de apoio. Por favor, saibam o quanto Harry e eu desejamos compartilhar nosso dia especial com vocês”, completa Markle em seu breve comunicado.
O pai de Meghan Markle se viu envolvido em uma relação complexa, e às vezes amarga, entre a imprensa e a família real britânica. Thomas provocou escândalo pelas fotos que aceitou encenar sobre seus preparativos para o casamento, apesar de ter reclamado do assédio da imprensa. As imagens teriam sido vendidas por 100 mil dólares (84 mil euros), segundo o tabloide Daily Mirror.
O tema criou um grande problema para o palácio, que até o então havia conseguido controlar o fluxo de informações do casamento com anúncios inofensivos e coordenados sobre o bolo, as damas de honra ou a programação da cerimônia.

Meia-irmã assume culpa 

A meia-irmã de Meghan, Samantha Grant, assumiu parte da responsabilidade. “A imprensa transmite uma péssima imagem dele, então sugeri que ele fizesse fotos positivas”, escreveu no Twitter. “Não foi por dinheiro”, ela garantiu.
O meio-irmão de Meghan, Thomas Markle Jr, ressaltou que seu pai “ficará com o coração partido por não poder estar com Meg em Windsor e não poder levá-la ao altar”, em uma entrevista ao Daily Mirror publicada nesta quinta.
A dúvida agora é saber quem levará a noiva ao altar e tudo aponta para a mãe de Meghan, Doria Ragland. A professora de yoga de 61 anos chegou na quarta-fera à tarde em Londres. Thomas Markle vive na cidade mexicana de Rosarito, perto da cidade americana San Diego.
Ele reconheceu que foi “estúpido” ao ter posado para as polêmicas fotos, mas se mostrou determinado a estar presente no grande dia. “É um momento histórico. Quero fazer parte da história”, afirmou ao TMZ.
Mas ele então anunciou sua hospitalização, explicando que os médicos “desentupiriam” algumas artérias, “reparariam os danos e instalariam um stent onde fosse necessário”.
Nas últimas semanas, a família de Meghan recebeu grande atenção da mídia, com seu meio-irmão e sua meia-irmã, nascidos de uma união anterior de seu pai, lamentando amargamente não terem sido convidados para o casamento.
Thomas Markle Jr. chegou a descrever sua meia-irmã Meghan como uma “mulher insensível, superficial e pretensiosa”, tentando, em uma carta aberta datada de 26 de abril, desencorajar o príncipe Harry de se casar com ela.
Na quinta-feira, ele demonstrou arrependimento, dizendo que ela seria “a princesa moderna perfeita” no Daily Mirror. No entanto, criticou o Palácio de Kensington, que, segundo ele, deixou seu pai lidar sozinho com os jornalistas. “Está claro que ele não recebeu bons conselhos (…) Teria sido melhor se o palácio lhe desse conselhos, e a nós também”.
Meghan Markle confirma que o pai não comparecerá a seu casamento
Rate this post
Trump chama de 'animais' alguns imigrantes em situação ilegal
Operação contra pedofilia cumpre mais de 500 mandados em todo o país