Pastor encerra campanha na Venezuela prometendo ‘ajuda humanitária’ dos EUA

Durante a campanha, Bertucci distribuiu sopa para milhares de pessoas(foto: Luis Robayo / AFP)Durante a campanha, Bertucci distribuiu sopa para milhares de pessoas (foto: Luis Robayo / AFP)

Valência, Venezuela – O pastor evangélico Javier Bertucci, um dos candidatos opositores nas eleições do próximo domingo na Venezuela, encerrou nessa quarta-feira (16/5), sua campanha com a promessa de aceitar a “ajuda humanitária” dos Estados Unidos caso saia vitorioso.
“Pedi ajuda humanitária. Me disseram: você ganha, assume o poder, e em duas semanas terá os portos cheios de alimentos e medicamentos”, disse Bertucci para milhares de pessoas em um comício na cidade de Valencia, estado de Carabobo, onde sua igreja (Maranatha) tem a principal sede.
“Querem mais seis anos de miséria?!” – perguntou o pastor para a multidão, em referência à reeleição de Maduro. “Não!” – responderam em coro.
Os venezuelanos sofrem com uma grave crise econômica, que inclui hiperinflação e desabastecimento crônico. Durante a campanha, Bertucci distribuiu sopa para milhares de pessoas.
O chavista dissidente Henri Falcón é o principal adversário de Maduro nas eleições de domingo, mas o pastor Bertucci tem surpreendido nos últimos dias e já aparece com 20% das intenções de voto nas pesquisas.
Falcón propôs a Bertucci retirar sua candidatura para formar uma frente comum contra Maduro, mas o pastor descartou a proposta. 
Os dois ignoraram o boicote liderado pela coalizão Mesa da Unidade Democrática (MUD), que reúne os principais partidos de oposição ao chavismo.
Pastor encerra campanha na Venezuela prometendo ‘ajuda humanitária’ dos EUA
Rate this post
Casal na Califórnia torturava filhos com afogamento, dardos e água fervendo
PM morre durante tentativa de assalto na zona sul do Rio; já são 49 mortes