Preso, homem suspeito de abusar de criança culpa sobrinho, de 5 anos

(foto: Ronaldo de Oliveira/CB/D.A Press)(foto: Ronaldo de Oliveira/CB/D.A Press)

 

Um homem suspeito de abusar sexualmente de uma menina de 4 anos foi preso na última sexta-feira pela Polícia Civil de Minas Gerais após denúncias feitas pelos familiares da vítima. D. R., primo do pai da menina, negou o envolvimento com o crime, mas, após versões contraditórias, a polícia o coloca como principal suspeito. Ele teria, ainda, tentado culpar outra criança pelo crime, um menino de 5 anos, primo da garota.
De acordo com a Polícia Civil, familiares da menina procuraram a a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher de Vespasiano (MG) e contaram a versão da garota. A delegada Nicole Perim, responsável pelas investigações, contou à reportagem que a família teria dito, em depoimento, que a criança havia relatado não aguentar mais as atitudes do suspeito. Que, constantemente, colocava a mão dentro de sua calcinha, e introduzia os dedos na vagina dela.
Após denúncia, a garota foi levada ao Insituto de Medicina Legal (IML) onde passou por um exame de corpo de delito, comprovando que o hímen havia sido rompido recentemente. No entanto, mesmo com o exame, o suspeito alegou que quem teria abusado da criança era um sobrinho dele, de 5 anos. Apesar de negar envolvimento no caso, o homem foi preso e encaminhado ao Sistema Prisional.

Denúncia

De acordo com o Ministério dos Direitos Humanos, apenas em 2015 e 2016, 37 mil casos de denúncia de violência sexual envolvendo pessoas de 0 a 18 anos foram acolhidos pelo canal. Desse total, 72% era referente a abuso e 20% à exploração sexual. Os outros números eram ligados à pornografia infantil, estupro, entre outras atrocidades. 
O Disque 100  é um serviço sigiloso, para quem quer fazer qualquer denúncia relacionada a casos de violência contra crianças e adolescentes. O atendimento funciona 24 horas por dia, inclusive aos sábados e domingos. Além do canal telefônico, o aplicativo Planeja Brasil, disponível para download em celulares com processadores Android e iOS, recebe queixas e encaminha à Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos. 
*Sob supervisão da subeditora Ellen Cristie
Preso, homem suspeito de abusar de criança culpa sobrinho, de 5 anos
Rate this post
Brasil estuda nova fase de interiorização dos migrantes venezuelanos
Captura de ex-negociador das Farc ameaça paz na Colômbia